Parto Ativo- Guia Prático para o Parto Natural

Parto Ativo- Guia Prático para o Parto Natural
Lançamento Setembro 2017

quinta-feira, 9 de março de 2017

Eu e o Bam: Opinião de Corações na Escuridão

Corações na Escuridão, de Laura Kaye - Sinopse & Opinião [Castor de Papel]Apesar de ser um género do qual eu me afastei depois do boom das 50 Sombras de Grey, este livro chamou-me a atenção, pois para além de uma capa bem interessante, a sinopse prometia muito.

Corações na Escuridão, de Laura Kaye - Sinopse & Opinião [Castor de Papel]

Corações na Escuridão (Hearts in Darkness, #1)
Título: Corações na Escuridão
Título Original: Hearts In Darkness
Série: Hearts In Darkness
Autora: Laura Kaye
Editora: O Castor de Papel
Ano de Publicação: 2016
Número de Páginas: 160

Dois estranhos...
Makenna James acha que o seu dia não pode ficar pior até que no edifício do seu escritório corre para apanhar o elevador. Enquanto se distrai para atender uma chamada o elevador pára e fica às escuras. Makenna encontra-se assim na companhia de um estranho do qual apenas vislumbrou a tatuagem de um dragão numa das suas mãos antes das luzes se apagarem.

Quatro horas...
Caden Grayson diverte-se com esta linda ruiva tão atrapalhada com a sua mala e o telemóvel. Mas logo a diversão acaba quando o elevador se imobiliza e ele, apesar dos seus piercings, tatuagens e cicatrizes, entra em pânico. Agora está preso dentro do seu pior pesadelo… durante quatro horas. Somente abrindo-se com Makenna é que Caden poderá vencer os seus demónios, da mesma foram que Makenna consegue ultrapassar o seu terror do desconhecido. Aos poucos e apesar da escuridão, ambos acabam por descobrir o muito que têm em comum. Na escuridão a atração e o desejo crescem e os dois não resistem a envolver-se com paixão. Mas, perguntam-se, irão sentir o mesmo quando as luzes voltarem? E quando forem salvos do elevador que os aprisiona o que farão?

**********

Apesar de ser um género do qual eu me afastei depois do boom das 50 Sombras de Grey, este livro chamou-me a atenção, pois para além de uma capa bem interessante, a sinopse prometia muito.

Corações na Escuridão conta a história de Makenna e Caden, que ficam presos no elevador e que, apesar de não se conseguirem ver, o bad boy sensível e a sensual ruiva acabam por se aproximar numa espiral de sedução e segredos confessados na segurança da escuridão. Mas irá a ligação que criaram durar para além das horas presos juntos?
Eu esperava que esta fosse uma história puramente sexual, sem espaço para grandes envolvimentos românticos, apenas um one night stand num elevador e que depois cada um seguiria a sua vidinha. A verdade é que Laura Kaye não se limitou a escrever um guião para um filme pornográfico - a autora elevou-o a algo mais, com mais sentimento e mais profundidade. Não vos digo se as nossas personagens ficam juntas no final ou não (leiam o livro!), mas a história é mais do que umas horas passadas num elevador.
A relação entre Makenna e Caden foi, ao início, difícil de engolir, pois parecia-me tudo tão repentino que tornava-a pouco credível. Ainda me senti assim ao longo da leitura mas... temos de acreditar que há amores assim. Olhando para além da parte sexual, é bom acreditar que ainda há este tiro e queda, de amores que nascem com um cruzar de olhos e que simplesmente estão destinados. Não é bom acreditar em amores assim? Não quero com isto dizer que seja o que acontece ao nosso casalinho... leiam e descubram 😄
Esperava apaixonar-me por Caden, depois de ler algumas opiniões acerca deste livro. Tal não aconteceu... algo nele não fez aquele clique que devia ter feito. Talvez devido à forma repentina como tudo aconteceu. De um momento para o outro estava tudo tão intenso que eu acho que não tive tempo de me habituar à presença das personagens. No entanto, são duas personagens fortes, bem construídas e que têm sempre algo mais a acrescentar à sua história... Só não gostei muito da associação feita pela autora que os piercings e tatuagens de Caden são para manter as pessoas ao longe, dando-lhe aquele ar de não se metam comigo. Nem toda a gente que tem piercings e tatuagens tem por esse motivo... podem simplesmente gostar, como eu. Ao fim e ao cabo senti que, ao tentar mostrar que o amor é cego e que as pessoas podem desenvolver uma química brutal sem a parte física e visual da coisa, a autora acabou por pecar ao cair no cliché de criar um bad boy que só o é para esconder cicatrizes emocionais.
Concluindo, é uma história cativante, numa leitura super leve e rápida. Preparem-se para ficarem presos no elevador mais sexy de sempre!

Para além de uma leitura agradável, Corações na Escuridão ganha pela belíssima edição. Ao folhear o livro, os pequenos pormenores gráficos fazem um exemplar muito bonito, com as luas ao lado da paginação e os pequenos desenhos no início de cada capítulo. Se queria ler o livro antes, ao ver o trabalho posto nestes detalhes deu-me ainda mais vontade de ler; juntando isto ao facto de ser Dia dos Namorados e eu não ter nenhuma leitura programada especial para este dia, pensei em ler umas páginas... e acabei-o no mesmo dia. Numa questão de horas, Corações na Escuridão tinha sido devorado e, para além do meu namorado a dormir ao meu lado, foi de facto uma óptima companhia para este dia 😆